Sindipetro firma parceria que garante exames com preços diferenciados à trabalhadores de postos de combustíveis

O Sindicato do Comércio Varejisra de Derivados de Petróleo no Estado da Paraíba (Sindipetro-PB) firmou uma parceria que vai garantir a realização de exames essenciais para os funcionários de postos de combustíveis. Em parceria com a Amiga Multiclínica, os trabalhadores de postos revendedores de combustíveis poderão realizar exames de eletroencefalograma e eletrocardiograma a preços subsidiados.

Pela parceria firmada, os empresários de postos de combustíveis poderão realizar os exames de eletroencefalograma e eletrocardiograma ao preço subsidiado de R$ 40 e R$ 18, respectivamente. Os agendamentos já podem ser feitos e mais informações podem ser obtidas na sede do Sindipetro-PB, no Bairro dos Estados, ou pelo telefone 3221-0762.

A entidade representativa do comércio varejista de combustíveis e presidida pelo empresário Omar Hamad Filho também está criando uma rede de atenção e cuidado em medicina e saúde do trabalho a partir do seu Serviço de Segurança e Saúde do Trabalhador (SESMT).

Os exames complementares são solicitados de acordo com os riscos e critérios estabelecidos na NR-7, uma das normas que regulamenta o PCMSO –  Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional. Isso é, dependendo da função desenvolvida pelo trabalhador, um tipo de exame específico será solicitado, de modo a resguardar a saúde do profissional e prevenir danos. A NR 7 é apenas uma das normas de um conjunto de dispositivos e regulamentos destinados a disciplinar as ações voltadas à promoção da saúde ocupacional.

O Eletrocardiograma – ECG é um exame que visa detectar possíveis anormalidades nas ondas cardíacas do trabalhador. Ele analisa a variação das ondas elétricas emitidas pela contração do coração, que são captadas através da utilização de eletrodos colocados no peito do paciente. Devem ser submetidos a exames de ECG todos os trabalhadores que trabalharem em altura (pedreiros, pintores, montadores de calha, etc), que dirigirem veículos motorizados (motoristas, motoboys, operadores de empilhadeira, etc), que manipularem determinadas máquinas (furadeira, fresa), e que tiverem contato com eletricidade (eletricista). A periodicidade do exame será estipulada pelo Médico Coordenador do PCMSO.

O Exame complementar Eletroencefalograma – EEG,  é um exame que analisa e detecta possíveis anormalidades nas ondas cerebrais do trabalhador examinado, captado através da utilização de eletrodos colocados sobre o couro cabeludo do paciente. Devem ser submetidos a exames de EEG todos os trabalhadores que trabalharem em altura (pedreiros, pintores, montadores de calha, etc), e que dirigirem veículos motorizados (motoristas, motoboys, operadores de empilhadeira, etc). Esse exame também é recomendado aos profissionais que trabalham em locais confinados. A periodicidade do exame será estipulada pelo Médico Coordenador do PCMSO.