Pesquisa da ANP atesta que gasolina vendida na Paraíba é a mais barata do país

O paraibano está consumindo a gasolina mais barata do Brasil. Essa é a constatação da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Bicombustíveis (ANP) que divulgou, esta semana, mais uma pesquisa nacional de preços, considerando os valores praticados no período compreendido entre 29 de maio a 04 de junho.

De acordo com o levantamento de preços, o valor médio cobrado pela gasolina no estado foi R$ 2,557, menor média do país. Ao todo, foram 126 estabelecimentos visitados em nove cidades do estado. Com relação à última pesquisa, realizada na primeira semana deste mês, quando o preço médio do litro da gasolina era R$ 2,618, houve uma queda de cerca de 2,4%.

Dos valores praticados nos municípios, o menor está na capital, que teve uma média de preços de R$ 2,528. Já o maior preço médio está no município de Sousa: R$ 2,800. Em Campina Grande, o valor médio registrado foi de R$ 2,659.

O diretor-executivo do Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis e Derivados de Petróleo no Estado da Paraíba (Sindipetro-PB), Arlindo Barreto, comentou que vários fatores podem influenciar a diferença de preços entre cidades.
“Alguns fatores fazem com que essa situação aconteça. Naturalmente, o mercado tem variação de preços, mas nos municípios do interior pesa também pontos como frete e o fato da concorrência ser menor”, comentou.

Já no preço do etanol, a redução do valor médio praticado no Estado foi de cerca de 2%, em comparação com a semana anterior, quando a média era de R$ 2,168. Na semana passada, a média dos preços praticados nos estabelecimentos visitados era de R$ 2,125, o que corresponde a 83% do preço da gasolina, mostrando que é mais rentável abastecer com o derivado do petróleo.
“Abastecer com álcool só é rentável economicamente quando o preço corresponde a 70% o valor da gasolina. Mesmo assim, muitos consumidores não se preocupam com esta conta e preferem o álcool por ser um combustível ‘limpo’”, comentou Arlindo Barreto.

Ainda de acordo com a pesquisa, na semana passada, o valor médio do GNV na Paraíba foi R$ 1,793, o que revela uma redução de 2,7% (R$ 0,05) com relação à pesquisa anterior. O preço do diesel teve uma redução de apenas R$ 0,01 passando de R$ 1,987 para R$ 1,978, na semana passada. A pesquisa de combustíveis da ANP é realizada semanalmente.

O Levantamento de Preços da ANP (http://www.anp.gov.br/preco/) é realizado, semanalmente, em mais de 8 mil postos revendedores em todo o país. Essa pesquisa é divulgada toda semana e tem como objetivo orientar o consumidor na hora da compra de combustíveis.

O Levantamento de Preços e de Margens de Comercialização de Combustíveis orienta a ANP na identificação de indícios de infrações à ordem econômica, tais como alinhamento de preços e formação de cartel. Em cumprimento ao Art. 10 da Lei nº 9.478/1997, caso detecte algum indício de infração, a Agência deve comunicar o fato à Secretaria de Direito Econômico (SDE) e ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). O Cade e a SDE são órgãos do Ministério da Justiça, integrantes do Sistema Brasileiro de Defesa da Concorrência e responsáveis pela instauração e instrução dos processos e pela aplicação das penalidades previstas em lei para esses tipos de infrações.